O apelido PALMEIRO

Como é natural, nesta Terra do Norte nom temos topónimos referidos a umha árvore como a palma, que exige climas mais mornos e secos, tendo que baixar até à outra ponta da Península, no Algarve, para encontrar em Faro a localidade dos Palmeiros –resto toponímico, talvez, dumha plantaçom árabe. Tendo isto em conta, o apelido … Continue lendo O apelido PALMEIRO

Anúncios

Contramaquieiros

para Xoán Carlos, Helena e Patricia O Nomenclátor só cita na comarca de Ordes o topónimo a Maquia que dá nome a umha aldeia de Vila Maior, mas também há outros lugares ou casas que se chamam assim nas freguesias de Buscás, Leira ou Mercurim. As maquias eram os estabelecimentos aos que se levava o … Continue lendo Contramaquieiros

A República Socialista de Vila Maior

O topónimo da freguesia de Vila Maior explica-se por si só e, como se poderia aguardar, é mui comum em toda a lusofonia, da comarca de Ordes ao distrito de Viseu. Restaria apenas examinar a documentaçom medieval e comprovar se, em efeito, o tamanho real da freguesia fazia justiça ao topónimo. Num documento algo tardio … Continue lendo A República Socialista de Vila Maior

Apelidos LINHARES e LINHEIRA(s): Os tecidos da comunidade

As abundantes terras para o cultivo do linho (Linum usitatissimum) deixárom umha grande impronta toponímica na comarca de Ordes e, por conseguinte, nos seus apelidos, sendo Linhares o oitavo mais frequente do concelho de Cerzeda. Devem ser essas Linhares descendentes das vizinhas da aldeia de Gesteda chamada igual, e que tem a sua irmá toponímica … Continue lendo Apelidos LINHARES e LINHEIRA(s): Os tecidos da comunidade

Sempre em Loureda

Os meus bisavôs, diante da casa de Loureda, co meu avô, o Vinculeiro, na esquerda, e tios e primos

ao meu avô, o Vinculeiro de Loureda Sempre se insiste no caráter atlántico do ecossistema galego, quando tradicionalmente os geógrafos, do anarquista Elisée Reclus ao próprio Otero Pedrayo, venhem insistindo em que o que carateriza à Galiza é, mais bem, a sua situaçom de ponte entre o mundo atlántico e o mediterráneo, que se aprecia … Continue lendo Sempre em Loureda