O mistério maçónico da igreja de Ordes

A palabra galega “igreja” vem do latim vulgar eclesiam, transformaçom do latim clássico ecclesiam, e que por sua vez procede do termo grego ekklesía, com o significado original de ‘assembleia’, em referência aos tempos primitivos em que o cristianismo era um movimento anti-imperialista, igualitarista e amancipatório. Daí, de dar nome à assembleia (porque isso eram … Continue lendo O mistério maçónico da igreja de Ordes

Anúncios

A flor do codesso

para Pedro de Codesseda Ainda que de pequenos conheciamos perfeitamente a planta do codesso (andavamos a apanhá-la porque Couselo da Portela dizia que era boa para prevenir a peste dos coelhos) sempre faziamos a brincadeira de dizer-lhe “de cu-de-seda” aos amigos de Codesseda, aldeia da freguesia de Leira. Etimologias paródicas à parte, o nome deste … Continue lendo A flor do codesso

Contramaquieiros

para Xoán Carlos, Helena e Patricia O Nomenclátor só cita na comarca de Ordes o topónimo a Maquia que dá nome a umha aldeia de Vila Maior, mas também há outros lugares ou casas que se chamam assim nas freguesias de Buscás, Leira ou Mercurim. As maquias eram os estabelecimentos aos que se levava o … Continue lendo Contramaquieiros