Já nom arde mil!

Mapa de Xenarde, em Ardemil, Ordes

Através das maravilhosas fotografias de Gustav Henningsen Janarde já saiu várias vezes no Aldeias de Ordes, polo que já vai sendo hora de conhecer o significado do nome desta aldeia de Ardemil. Antes de mais, convém sinalar que o Nomenclátor de Galicia a tem registada como “Xenarde”, com e, se bem toda a vizinhança a … Continue lendo Já nom arde mil!

Anúncios

Apelidos LINHARES e LINHEIRA(s): Os tecidos da comunidade

As abundantes terras para o cultivo do linho (Linum usitatissimum) deixárom umha grande impronta toponímica na comarca de Ordes e, por conseguinte, nos seus apelidos, sendo Linhares o oitavo mais frequente do concelho de Cerzeda. Devem ser essas Linhares descendentes das vizinhas da aldeia de Gesteda chamada igual, e que tem a sua irmá toponímica … Continue lendo Apelidos LINHARES e LINHEIRA(s): Os tecidos da comunidade

Sempre em Loureda

Os meus bisavôs, diante da casa de Loureda, co meu avô, o Vinculeiro, na esquerda, e tios e primos

ao meu avô, o Vinculeiro de Loureda Sempre se insiste no caráter atlántico do ecossistema galego, quando tradicionalmente os geógrafos, do anarquista Elisée Reclus ao próprio Otero Pedrayo, venhem insistindo em que o que carateriza à Galiza é, mais bem, a sua situaçom de ponte entre o mundo atlántico e o mediterráneo, que se aprecia … Continue lendo Sempre em Loureda

Infernos e inferninhos

Na comarca de Ordes existem, quando menos, dous lugares de satánicos nomes: o Penedo do Inferninho[1], em Gorgulhos, e o Rego dos Inferninhos[2], que baixa de Olas cara à Berxa. Além disso, Cabeza Quiles sinala que num “emprazamento claramente inferior ou baixo atópase unha aldea chamada O Inferniño situada na parroquia de Cabaleiros”[3], que nom … Continue lendo Infernos e inferninhos

A importáncia da força do focinho

Aldeia de Ramil, em Barbeiros, Ordes

Na mitologia germánica e nórdica Freyr (ou Fro), junto com a sua irmá Freya, eram os deuses da fertilidade, razom pola qual ele era representado nas estátuas com um enorme pénis ereto. Freyr, aliás, acostumava deslocar-se num carro movido por dous singulares animais de tiro aos que se acha associado: os porcos bravos Slidrugtanni e … Continue lendo A importáncia da força do focinho